Terapia da Fala Odivelas

A Fale Connosco disponibiliza o serviço de terapia da fala em Odivelas (em consultórios, escolas ou ao domicílio) para os mais variados problemas comunicacionais (verbais e não-verbais) detetados em bebés, crianças, jovens, adultos e idosos.

As consultas são sempre efetuadas por uma terapeuta da fala, devidamente formada e com experiência na área, a qual, através de técnicas adequadas, faz uma avaliação pormenorizada do caso e traça um plano de tratamento totalmente personalizado.

As sessões de terapia da fala em Odivelas podem ser direcionadas apenas para os pacientes, mas também podem incluir cuidadores, como pais, familiares, educadores e professores, os quais têm acesso a uma plataforma online, na qual está disponível todo o processo.

Para qualquer esclarecimento adicional, nomeadamente para uma possível abordagem multidisciplinar (quando integra serviços a nível de terapia ocupacional, fisioterapia e psicologia) não hesite em entrar em contacto com a Fale Connosco. Temos todo o gosto em prestar as informações solicitadas.

Quando agendar uma consulta de terapia da fala em Odivelas?

É aconselhado agendar uma consulta de terapia da fala em Odivelas quando estamos na presença de:

Principais problemas diagnosticados na terapia da fala em Odivelas

Os principais problemas diagnosticados numa consulta de terapia da fala em Odivelas estão relacionados com anomalias a nível de linguagem, deglutição/mastigação, fala, voz, fluência e patologias orofaciais.
PROBLEMAS DE LINGUAGEM

A linguagem é uma forma de expressão do pensamento pela palavra (escrita ou oral) ou por meio de sinais (comunicação não-verbal).

Atraso no desenvolvimento da linguagem: pode ser ligeiro, severo ou grave e ter como causas perturbações específicas, fatores socioambientais (falta de estimulação, excesso de proteção, meio sociocultural, gémeos...) ou fatores orgânicos (cegueira, surdez, deficiência mental, trissomia 21…).

Perturbações da leitura e de escrita:

  • Dislexia: transtorno verificado a nível de leitura, soletração, escrita e funções neurocognitivas (distinção entre esquerda e direita, perceção de dimensões realização de operações aritméticas e funcionamento da memória de curta duração).
  • Disortografia: Erros da escrita que afetam a palavra mas não a grafia, podendo mesmo tornar o texto ininteligível.

Perturbações da linguagem adquiridas: Problemas de expressão e/ou de compreensão da linguagem causados por uma lesão cerebral, devido a acidente vascular cerebral (AVC/trombose), traumatismo crânio-encefálico (TCE), tumor cerebral, doenças neurológicas…

PROBLEMAS DA FALA

Os problemas mais frequentes da fala (capacidade exclusiva do ser humano de emitir sons numa determinada língua) prendem-se com:

Perturbações articulatórias: Produção incorreta de um ou mais sons, resultante de modificações orofaciais (fenda palatina, dentição…) ou de alterações nas funções orais (respiração, deglutição, hábitos de sucção da chupeta e do dedo…)

Perturbações motoras da fala: Alterações na fala causadas por um problema do foro neurológico, nomeadamente por acidente vascular cerebral (AVC/trombose), traumatismo crânio-encefálico (TCE), tumor cerebral, doenças neurológicas, paralisia cerebral, paralisia facial…

PROBLEMAS DE DEGLUTIÇÃO
O problema de deglutição mais frequente é a disfagia, uma perturbação verificada numa das fases da passagem do alimento desde a boca até ao estômago, que pode ser causada por acidente vascular cerebral (AVC/trombose), traumatismo crânio-encefálico (TCE), paralisia cerebral ou doenças genéticas. De referir que também podem ocorrer problemas de mastigação nas situações referidas ou por questões desenvolvimentais.
PROBLEMAS DE VOZ

A disfonia é o principal problema associado à voz (conjunto de sons produzidos pelo ser humano através da vibração das pregas vocais, a qual é modificada pelos órgãos ressoadores).

Esta dificuldade em articular a voz com as suas características naturais pode ser causada pelo incorreto uso ou pelo abuso vocal, por fatores climáticos e ambientais, por vícios (tabaco, álcool, drogas), por alguns medicamentos (anti-histamínicos, ansiolíticos, antidepressivos…), por inflamações, por tumores ou ainda por fatores posturais e alimentares, entre outros…

PROBLEMAS DE FLUÊNCIA

Os principais problemas de fluência (discurso suave, harmonioso e sem esforço no ato de fala) dizem respeito a:

Gaguez: O indivíduo (com mais de 4A) tem dificuldade em passar de forma suave de um som para outro. Os principais comportamentos são o rompimento do fluxo da mensagem, diminuição da velocidade e esforço físico e mental visível por parte do falante.

Taquifémia: Velocidade rápida ou irregular do discurso, número excessivo de disfluências e, por vezes, outros sintomas, como erros fonológicos e défice de atenção, causando insegurança nas produções verbais.

PROBLEMAS DE MOTRICIDADE OROFACIAL
Os principais problemas relacionados com motricidade orofacial (boca, face e pescoço) podem refletir-se a nível de alterações na respiração, sucção, mastigação, deglutição e fala.

Terapia da fala pediátrica (bebés, crianças e jovens) em Odivelas

A terapia da fala em Odivelas para bebés aplica-se essencialmente a situações de prematuridade e a dificuldades na alimentação e na comunicação (verbal e não-verbal).

Já para crianças e jovens, a terapia da fala é especialmente indicada para alterações na linguagem (leitura e escrita), fala, voz, fluência, motricidade orofacial e deglutição/mastigação.

De referir que nas consultas de terapia da fala pediátrica em Odivelas (em consultórios, escolas ou ao domicílio), os pais/cuidadores também são envolvidos no processo, no sentido de serem ensinados a lidar com os problemas detetados aos menores.

A este nível, dispomos de uma plataforma digital através da qual todas as famílias podem ter acesso aos documentos do dossiê clínico e, desta forma, poderem ser uma parte mais ativa em todo o processo terapêutico.

Terapia da fala em Odivelas para adultos e idosos

A terapia da fala em Odivelas para adultos e idosos é particularmente utilizada em situações em que são diagnosticadas perturbações da linguagem, fala e deglutição adquiridas (associadas, por exemplo, a doenças degenerativas, AVC…), patologias vocais (como nódulos, pólipos…), entre outros.

Este tipo de acompanhamento profissional 100% personalizado proporciona não só mais qualidade de vida, como também ajuda a combater alguns complexos que se manifestam a nível pessoal e profissional, decorrentes de uma comunicação verbal e não-verbal deficitária.

Por outro lado, e como frequentemente estes problemas de fala estão associados a distúrbios variados, a nossa equipa multidisciplinar também disponibiliza tratamentos integrados a nível de psicologia, terapia ocupacional e fisioterapia.

Terapia da fala em Odivelas diminui sinais de envelhecimento (rugas)

A terapia da fala em Odivelas é uma excelente opção quando o objetivo é diminuir os sinais de envelhecimento, como as rugas, sem recorrer a métodos invasivos, dolorosos e excessivamente onerosos.

Ao reequilibrar a parte neuromuscular do rosto e do pescoço, através de exercícios específicos, a terapeuta da fala ajuda a corrigir danos causados na pele ao mastigar, respirar, engolir ou falar de forma inadequada (nestes processos orgânicos algumas regiões não são trabalhadas ou são mal trabalhadas).

Desta forma, a terapia da fala em Odivelas enquanto tratamento de reorganização e de aprimoramento facial é recomendada para mulheres e homens de todas as idades, sendo considerado preventivo dos 20 aos 30 anos e terapêutico a partir desta fase da vida.

Para mais informações, contacte-nos 917 770 062


Caso pretenda marcar uma consulta, envie-nos o seu pedido