A minha letra é “feia”…

10 Dicas para Vencer as Birras
19/06/2017
Up to Lisbon Kids
04/08/2017

Artigo exclusivo Up to Lisbon Kids

Autor: Margarida Sabino

Letras tremidas…

Mal desenhadas…

De tamanhos diferentes…

Com dimensões gigantes ou minúsculas (ou ambas)…

Letras que voam ou que se enterram nas linhas base…

Uma escrita manual que ninguém consegue perceber…

“A letra feia” aparece e mantém-se…

Essa letra que todos caraterizam como feia (e na maior parte das vezes também a própria criança) começa a tornar-se um motivo de preocupação para pais e professores.

Será preguiça? Será pouco esforço? Ele (ela) nunca gostou de desenhar nem escrever.

A verdade é que ter a letra “feia” nem sempre é sinónimo de desleixo, pode ser uma dificuldade bem real e que deve ser analisada. Escrever manualmente é uma atividade complexa e depende intimamente do desenvolvimento e maturação de competências base, tais como:

  • Motricidade fina (precisão manual, destreza, competências manipulativas)
  • Perceção visual (figura fundo, relações espaciais, posição no espaço,..)
  • Motricidade global (postura, coordenação olho-mão, cruzamento da linha média, lateralidade…)

Estimular o desenvolvimento destas competências é importante para que a criança tenha bases suficientes para uma escrita eficaz. Atividades tais como o desenho, colagens, recortes, grafismos, gincanas, encestar, … fazem parte do processo de desenvolvimento e preparam a criança para a fase seguinte…a escrita.

Como perceber se existem dificuldades na escrita manual?

Sinais de Alerta

  • O seu filho apresenta uma escrita ilegível?
  • Mostra lentidão na execução das tarefas de escrita?
  • Sente-se muito cansado quando escreve? Sente dor (ex. nos dedos)?
  • Coloca pouco ou demasiado espaçamento entre as letras e palavras?
  • A escrita é feita de forma irregular?
  • As letras são mal formadas ou incorretas?
  • Faz pressão inadequada ou inconsistente (marcas muito claras/escuras/variáveis)?
  • Apresenta linhas com pouca precisão (tremidas)?
  • Demonstra pobre orientação em relação à linha de base?
  • Não respeita as margens?
  • Apresenta uma grande desorganização na página?

Se respondeu sim a qualquer das questões anteriores podemos estar perante uma situação de dificuldade na escrita manual e é importante que recorra a ajuda profissional.

Trabalhar a dificuldades na escrita manual de forma eficaz é trabalhar tudo o que causa essa dificuldade. Insistir em determinadas tarefas (ex. treinar o desenho de letra) sem desenvolver as competências base acaba por ser infrutífero podendo mesmo causar uma grande frustração na criança que por muito que se esforce não consegue corresponder às expetativas colocadas pelos pais e professores.

Analisar todas as áreas envolvidas na atividade bem como o desempenho na escrita manual é a forma de avaliação do terapeuta ocupacional que de acordo com uma avaliação global poderá aconselhar melhor tipo de apoio e estratégias que facilitem o desempenho do seu filho.

Se tiver alguma questão relacionada com esta temática poderá preencher o formulário de esclarecimento dúvidas. Terei todo o gosto em poder ajudar!